Um pedaço diário de Paz

Grão lançado ao ar por All3X às 15:31 de sábado, 28 de junho de 2008

Segundo um mito japonês, o grou é uma ave sagrada que pode viver mil anos. Como símbolo da longevidade, acredita-se que a pessoa que se encontrar enferma e fizer mil dobraduras deste pássaro conseguirá ser curada. A crença, contudo, se difundiu mais recentemente, ao final da Segunda Guerra Mundial.
Em 1945, a cidade de Hiroshima foi devastada com a explosão da bomba atômica pelos norte-americanos. Milhares de civis morreram instantaneamente pelo intenso calor gerado pela reação nuclear, outras, que estavam um pouco mais distantes do local, sofreram queimaduras bastantes sérias provocadas pela radiação e posteriormente também vieram a falecer.
Contudo, houve outras tantas vítimas que não morreram no momento da explosão, mas que também sofreram com o incidente. Vítimas da radiação, o organismo destas pessoas passou a ser afetado com o desenvolvimento anormal das células. Momentaneamente, aqueles que eram acometidos por estas doenças se mostravam assintomáticos. Os efeitos só viriam a ser diagnosticados com o tempo.
Sadako Sasaki era uma das crianças que foram afetadas. Desenvolveu leucemia, conhecida como ‘a doença da bomba atômica’, justamente por ser a que mais se alastrou entre aqueles que estavam nos arredores do fato ocorrido.
Em uma das visitas feitas a ela no Hospital da Cruz Vermelha, uma de suas amigas lhe contou o mito do grou. Com a expectativa de ser curada, a garota passou a confeccionar as mil dobraduras de papel. A cada origami feito ela escrevia a palavra ‘Paz’ em suas asas.
No entanto, após 964 peças feitas, Sadako não resistiu à doença e faleceu quando tinha 10 anos de idade. Seus amigos e parentes fizerem as outras 36 que faltavam a tempo do seu funeral.
O tsuru, como também é chamada a ave, passou também a ser símbolo da paz a partir daquele momento. Em 1958, três anos após a morte da menina, foi inaugurado o “Monumento das Crianças à Paz”, localizado no Parque da Paz – em Hiroxima, local do epicentro da explosão.
O valor da construção foi arrecadado de cerca de três mil escolas japonesas e de outros nove países que se mobilizaram com a situação e pediam pela paz mundial. Todos os anos, no dia da Paz, o Monumento recebe milhares de tsurus de papel vindos do mundo inteiro como forma de protesto e reivindicação de um mundo melhor.
Que assim como a menina que nunca desistiu de seu sonho, que possamos nós, a cada dia de nossas vidas, confeccionar um pedacinho dessa grande obra que tende à formação de uma sociedade mais justa e harmônica. Tudo depende do esforço diário que empregamos para tal finalidade.

Postagens Relacionadas

Gostou deste artigo? Então deixe um comentário e assine nosso RSS Feed.
Imprimir esta página | Enviar para o Twitter | Recomendar no diHITT | Feed dos comentários

19 outro(s) grão(s) se juntaram a este.

  1. All3X disse:
    Postado em sábado, junho 28, 2008 3:55:00 PM

    No monumento está gravada a inscrição: “Este é o nosso grito, esta é a nossa prece, construir a paz no mundo que é nosso”.

     
  2. Postado em sábado, junho 28, 2008 9:29:00 PM

    CAra, lindo texto.Deveria publicar essa crônica em um livro. Vê se publica numa antologia. Já fiz partes de algumas e agora estou montando outra. Se interessar entre em contato!

     
  3. mickey disse:
    Postado em sábado, junho 28, 2008 9:47:00 PM

    Pra vc ver como o homem eh injusto com ele mesmo, provoca guerras e depois ele mesmo se sente culpado.

    sem comentarios


    http://www.sonacachaca.com

     
  4. Sonhador disse:
    Postado em sábado, junho 28, 2008 10:06:00 PM

    Olá, vim retribuir o comentário!
    Eu já havia visto imagem dessa ave nas cartas do tarô chinês da minha bisavó! Parece piada mas é sério..
    Sobre a história da menina, muito triste, aliás não só a dela como de todas as vítimas da bomba atômica!
    Abraço

     
  5. K∂riиє* disse:
    Postado em sábado, junho 28, 2008 10:09:00 PM

    Estudo com japoneses e ja sabia disso...muito interessante,pena que estamos longe de alcancar esse objetivo...

    beijoca

     
  6. All3X disse:
    Postado em domingo, junho 29, 2008 1:34:00 PM

    Agradeço os comentários de Karine, Sonhador, Mickey e Bruno. Valeu, meu sincero obrigado.
    Só tenho a dizer que realmente foi um trágico o acontecimento da guerra. Afinal, todas as guerras são trágicas e sem justificativas...
    Estamos longe de alcançar essa paz desejada, mas não devemos desisitir de alcançar. Se o homem é injusto consigo mesmo, devemos mudar essa realidade.
    All3X

     
  7. iti disse:
    Postado em domingo, junho 29, 2008 1:40:00 PM

    injustiça humana, ñ ?
    http://lhmartins.blogspot.com/
    rsrsrs

     
  8. Maa disse:
    Postado em domingo, junho 29, 2008 2:04:00 PM

    nossa,,, adorei! é um belo incentivo para mundo! tb acho que vc deveria publicar em um livro...

    xD

     
  9. Postado em domingo, junho 29, 2008 6:46:00 PM

    Muito interessante! Desde o nascimento deste blog, tenho enriquecido bastante o meu conhecimento sobre fatos importantes. Históricos, míticos, ou com ambas as características.

    Sobre o post de hoje, foi emocionante ver como as pessoas podem lutar pela vida diante das próprias atrocidades humanas. Como é possível jogar uma bomba em um lugar para matar centenas de milhares de pessoas? A vida desses indivíduos pode ser paga com superioridade econômica e diplomática? Claro que não! Para que evitemos a disseminação de mortes precoces, como a de Sadako Sasaki, plantemos o citado "pedacinho diário de paz".

    Até mais!

     
  10. All3X disse:
    Postado em domingo, junho 29, 2008 7:28:00 PM

    Valeu mesmo a todos. Fico lisonjeado com os comentários.
    Agradeço Iti, Ma e Daniel.
    Faço o possível para sempre postar algo que seja de conteúdo relevante. Espero estar alcançando essa meta.
    A todos nós, fica ainda a tarefa, que levemos esse pequeno pedaço de paz a todos, a começar com informação para termos consciência de nossa realidade.
    Valeu a todos novamente
    All3X

     
  11. Postado em domingo, junho 29, 2008 8:13:00 PM

    Oi Alex!

    Desculpa a demora em responder. Final de periodo tem sido dificil.

    Como chegou até meu blog? Fiquei curiosa!

    Gostei dos seus textos. Tá linkado!

    Abraço!

     
  12. Postado em segunda-feira, junho 30, 2008 4:14:00 PM

    axo que vou fazer os 1000 pássaros!

     
  13. Antonoly
    disse:
    Postado em segunda-feira, junho 30, 2008 4:15:00 PM

    Admiro muito a cultura Japonesa e esse episódio na segunda guerra mundial foi muito triste.
    Gostei de seu blog!

    www.mundoconectado.wordpress.com

     
  14. Abel disse:
    Postado em segunda-feira, junho 30, 2008 4:28:00 PM

    Sorte a todos nós!!!
    E sem dúvida ao pensar de modo positivo contruímos de maneira mais harmonica, o que muda nosso ambiente imediato e consequentemente se reflete no todo.

    Como diria um ditado chinês: quer mudar o mundo? comece consigo =)

    Abçs!!!
    Abel

     
  15. panodechao disse:
    Postado em segunda-feira, junho 30, 2008 4:29:00 PM

    Eu ouvi essa história quando eu era criança. Acho que num programa de televisão ou na escola, não lembro. Sei que me marcou profundamente a menina ter morrido tão perto da "cura".
    Como eu era criança, eu acreditava que ela iria se curar realmente.

    Desde então, nunca mais tinha ouvido alguém contar essa história. É muito bonita mesmo...

     
  16. Postado em terça-feira, julho 01, 2008 11:06:00 AM

    seu blog fico massa
    kkkkkkkkk
    visita o meu ai
    http://sandrossoares89.blogspot.com/

     
  17. Postado em terça-feira, julho 01, 2008 11:22:00 AM

    é um belo texto!! achei linda, parabéns pelo blogg

     
  18. danisiinha disse:
    Postado em terça-feira, julho 01, 2008 11:32:00 AM

    puxa , um dos melhores post que já li.... por tudo pela construção clara , simples e objetiva do seu texto , pela historia bem contada.. e principalmente pela mensagem...
    que aso olhos de laguns pode parecer clichê , mas a cada dia se torna mais urgente... parabens...

    www.daniilopes.blogspot.com

     
  19. All3X disse:
    Postado em sábado, julho 12, 2008 12:30:00 PM

    Venho apenas retomar meus agradecimentos aos últimos comentários. Valeu, é isso aí.
    All3X

     

Postar um comentário

"Cuidado... ao dizer alguma coisa, cuide para que suas palavras não sejam piores que o seu silêncio."
Não se intimide, seja livre para comentar!

Areias do tempo:

Grãos Associados:

BlogBlogs: